MundoDocker – Eventos

Oi Pessoal,

Hoje o post é rápido, apenas para trazer a vocês nossa experiência no TcheLinux Caxias do Sul. Para quem nos acompanha nas rede sociais, ficou sabendo que iriamos participar de mais um edição do TcheLinux (um dos maiores eventos de tecnologia open source do Rio Grande do Sul), dessa vez em Caxias do Sul, na serra gaúcha.
O evento estava muito bem organizado, e o lugar não poderia ser melhor, com infraestrutura suficiente para atender os participantes, sem falar na localização. Com a ajuda de alguns amigos, conseguimos alguns registro fotográficos do evento, veja:

A nossa contribuição ao evento foi com uma palestra: Escalonando o mundo com Kubernetes, como o Google sobrevive. Essa apresentação teve como objetivo mostrar aos presentes como o Kubernetes funciona, como ele é utilizado dentro do Google e como você utiliza ele sem nem saber 🙂 . Compartilhamos a apresentação em nosso Slideshare, para você, que não estava no evento, possa ver um pouco sobre o que levamos ao evento:

http://www.slideshare.net/MundoDocker/escalonando-o-mundo-com-kubernetes

Gostaríamos de agradecer ao TcheLinux pela oportunidade e a Ftec que disponibilizou o local para o evento. Por hoje era isso, grande abraço! Ahhh e nos ajude divulgando o blog 😉

Kubernete parte III

Olá pessoal,

 

Depois de algum tempo sem falar sobre Kubernetes hoje vamos mostrar como podemos criar um ambiente altamente disponível de servidores web.

Conforme comentado nos posts anteriores, podemos criar um service Web e dentro desse service eu posso ter milhões de containers, onde o Kubernetes fará toda a parte de Balanceamento de carga com o que chamamos de Replication Controller.

Vamos criar então o Replication Controller:

 

vim web-rc.yml

apiVersion: v1
kind: ReplicationController 
metadata:
 name: web-controller
spec:
 replicas: 2
 selector:
   name: nginx
 template:
   metadata:
     labels:
       name: nginx
   spec:
     containers:
       - name: nginx
         image: nginx
         ports:
           - containerPort: 80

kind: É o tipo de objeto que o Kubernetes ira criar, nesse caso ele vai criar

Replicas: Quantos pods dessa imagem sempre deve existir, caso exista um número menor que o indicado, o Kubernetes irá criar outros pods até chegar ao número determinado em replicas.

 

Para criar o Replication Controller execute:

kubectl create -f web-rc.yml

 

Você poderá ver RC criado com o comando:

kubectl get replicationcontrollers

 

Agora vamos criar o Service que é aquele que faz com que o usuário consiga criar a aplicação:

 

vim web-service.yml

kind: Service
apiVersion: v1
metadata:
  name: web-service
spec:
  selector:
    name: nginx
  ports:
    - protocol: TCP
      port: 80
      targetPort: 80
kubectl create -f web-service.yml

Feito isso você pode executar o comando abaixo e verá que existe 2 pods de Nginx rodand:

kubectl get pods

Com tudo isso pronto você pode pegar e testar executando um curl no ip do seu servidor, no meu caso estou executando a partir do minion1, então vou acessar o minion2 e executar:

curl -qa http://seuip

E a página inicial do nginx será mostrada, você pode pegar e parar um pod e notará que o Kubernetes irá criar outro, pois no Replication Controller colocamos como 2 replicas.

Então tá pessoal por hoje era só, continue ligado em nosso canal e em breve estaremos fazendo um vídeo mostrando mais sobre o Kubernetes.

Aguarde...

Inscreva-se em nossa newsletter

E fique por dentro das novidades.