Olá pessoal,

Com o passar dos anos as tecnologias vem evoluindo cada vez mais rápido, surgem novos conceitos porém muitos morrem e poucos acabam se tornando tendência. No passado muito se falou sobre “Máquinas Virtuais” muitas empresas apareceram no mercado de virtualização porém apenas algumas se destacaram que é o caso de Microsoft, VMWare e Oracle.

Agora chega a hora da tendência de containers (Sim, LXC existe há um grande tempo já) que cada vez mais vem se popularizando e com isso surgem diversas empresas no mercado oferecendo integrações, plataformas, contentores e entre outros produtos. Com essa gama de ofertas decidi realizar uma série mostrando as empresas que acreditamos que serão as grandes donas do mercado de containers nos próximos anos.

O ProjectAtomic: É um sistema operacional desenvolvido pela RedHat, foi projetado para a execução de aplicações em containers docker. O Project Atomic depende de vários projetos de código aberto as várias distribuições Linux específicas. A comunidade Atomic vai trabalhar para o desenvolvimento do projeto atômico de forma inclusiva, contribuindo para os projetos upstream relacionados, resolvendo problemas de integração nas diversas distribuições sendo usado e desenvolver as ferramentas de gestão específicas necessárias para atualizações de gestão e de sistema. As principais ferramentas utilizadas foram:

– Docker – Implementação dos aplicativos

– Kubernetes – Orquestração

– rpm-ostree – Atualizações

– systemd – Gerencia de serviços

O Project Atomic possui uma ferramenta Web chamada Cockpit para realizar o gerenciamento de containers e hosts, com o Cockpit você pode:

– Visualizar os recursos utilizado pelos containers.

– Limitar recursos dos containers.

– Iniciar, parar, salvar e realizar o commit dos containers.

– Executar e excluir imagens.

– Administrar o host.

– Configurar serviços no host e outras funcionalidades.
cockpit-screenshot

Exemplo de imagem do Cockpit

Aqui possui o link para o download da imagem do sistema operacional http://www.projectatomic.io/download/

Por hoje era isso, espero que tenham gostado e tendo dúvidas nos avisem, e claro ajudem divulgando o https://mundodocker.com.br

Abraço!

Trabalha em uma Startup com foco em Plataforma como Serviço (PaaS), é especialista em Cloud Computing e Conteinerização, desenvolve todo dia uma nova maneira de resolver problemas e criar coisas novas.
  • Tauan Santana

    Tive muito problema com permissão a pastas, por exemplo, quando criei um container do MongoDB e quis colocar uma pasta (/var/lib/mongodb/data/db) e sempre dava acesso negado, fiquei com receio de processeguir

  • Oi Tauan,
    Você criou o container utilizando alguma ferramenta (like rancher, atomic, etc) ou usando a cli do docker mesmo?
    Você criou o container passando como parâmetro um usuário? Pode acontecer de você ter criado com um usuário restrito, dai esse comportamento é o esperado.

  • Tauan Santana

    Usei a cli do docker mesmo e não passei usuário.
    Eu passo um usuário tipo “root” por exemplo?

  • Oi Tauan,
    É possível especificar um usuário na criação do container, se você não fez isso o usuário default é root (dentro do container). Seu mongo está configurado para rodar com qual user? Esse usuário foi criado junto?

  • Silfar Castro

    Tem como eu usar o Atomic dentro do windows ? Infelizmente ainda não posso mudar para linx totalmente.
    Outra coisa tenho aqui o bash do ubuntu instalado no windows 10 e tb tenho o docker para windows. A questão é :
    É melhor usar o docker para windows ou utilizar o docker dentro do bash ubuntu ?

  • Oi Silfar,
    Depende, se você está começando e quer aprender a usar Docker, te recomendo a continuar com o Docker for Windows, pois já tem algumas facilidades que ajudam a entender como funciona essa tecnologia.
    Em produção, minha recomendação é que use dentro de Linux mesmo, o que você deve cuidar nessa transição de windows para linux é a questão do mapeamento de volume, que funciona diferente entre as plataformas.