Olá pessoal,

AUFS foi o primeiro controlador de armazenamento em uso com Docker, como beneficio tem uma história longa com Docker. É muito estável, tem grandes implementações no mundo real e possui forte apoio da comunidade, o AUFS possui diversas características que acabam o tornando uma boa escolha para uso com Docker. Entre elas estão:

  • Tempo de inicialização do container rápido
  • Uso eficiente de armazenamento
  • Uso eficiente de memória

Apesar de ter uma ampla capacidade de caracteristicas com Docker, algumas distribuições não possuem suporte ao AUFS, pois ele não está incluído na linha principal do Kernel Linux, no caso do RHEL não é suporte AUFS.

Os tópicos seguintes demonstram algumas características do AUFS e como ele se relaciona com o Docker:

 

Layers de Imagens:

AUFS é um sistema de unificação de arquivos, isso quer dizer que ele leva vários diretórios em um único host linux, colocando um sobre o outro e fornece uma visão unificada desses arquivos para conseguir isso o AUFS usa uma união de montagem.

O AUFS driver de storage do Docker implementa Layers de imagens utilizando usando a união do sistema montado. Abaixo podemos ver um exemplo de Layers, onde para o cliente é apresentado a união de todas elas:

 

layer1

 

Utilizando arquivos:

O Docker utiliza a tecnologia de “AUFS CoW”  para conseguir compartilhar a imagem e minimizar o uso de disco. Como o AUFS trabalha em nível de arquivos então todos os dados são copiados por inteiros para a camada superior mesmo que modificando uma pequena parte do arquivo, isso faz com que dependendo do tamanho de arquivo que será copiado acabe penalizando um pouco o desempenho do container, pois um arquivo muito grande demorará algum tempo para que seja copiado. Ou também a imagem possui uma grande quantidade de camadas e o arquivo que você deseja utilizar está na primeira camada da imagem.

A ordem de procura é de cima para baixo, então caso seja a primeira vez que o usuário irá utilizar aquele arquivo, então o Docker vai procurar esse arquivo nas suas camadas abaixo e copiar todo o seu conteúdo para a camada gravável do container. Porém o arquivo só é copiado na primeira vez, após isso o esse arquivo já está na ultima camada então todas as demais operações são rápidas.

Deletando arquivos:

O driver do AUFS exclui um arquivo de dentro do container colocando um arquivo whiteout na camada gravável do container. O arquivo whiteout obscurece a existência do arquivo nas camadas inferiores de imagem:

 

 

layers2

 

 

Você pode adicionar o driver AUFS no seu daemon docker editando o arquivo de conf do docker e adicionando:

DOCKER_OPTS="--storage-driver=aufs"
systemctl restart docker

 

Então ta pessoal esse é nosso primeiro post dessa série que vai mostrar para vocês os drivers de armazenamento nativos do Docker.

 

Trabalha em uma Startup com foco em Plataforma como Serviço (PaaS), é especialista em Cloud Computing e Conteinerização, desenvolve todo dia uma nova maneira de resolver problemas e criar coisas novas.